Procura Aí

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Direitos Autorais... e você com isso?

Ando acompanhando de perto a proposta do MinC (Ministério da Cultura) para reforma e modernização da Lei de Direitos Autorais.
Porque? É disso que eu vivo oras ; )
Eu não vou entrar em questões técnicas nem reclamar do Ecad, do Governo ou de você que baixa minha música sem me pagar os direitos autorais.. não, eu vou pedir pra você responder algumas perguntas.. só isso, topa? Então tá :

- Você pagaria um valor razoável para baixar uma música na internet, seja para ouvir no seu computador ou no seu Mp3 Player, Ipod, whatever, se você tivesse certeza que estes direitos autorais recolhidos seriam repassados corretamente pro autor e o intéprete da música?

- Você sabia que quando você copia para o seu Mp3 player uma música de um CD que você comprou, original, tudo certinho... está na verdade comentendo um crime?
Pois é amigo(a) , pela atual lei de direitos autorais, está, e a proposta do MinC prevê que esta utilização é legítima, é cópia privada sem fins lucrativos e não constitui ofensa aos direitos do autor, sabia?

- Você sabe como funciona o Ecad?
Ou até mesmo , o que é o Ecad?
(Dependendo da sua resposta, eu tento explicar : ) )

- Quando um artista disponibiliza gratuitamente uma música na internet, você baixa, gosta.. você se sente estimulado a conhecer melhor o resto do CD, e até comprar, dependendo do seu interesse?

Vou deixar outras perguntas para um próximo "Post", pra não ficar chato :/

Responda com toda sinceridade!!!

Se você vai dizer que o preço do CD é caro, e eu concordo! , Me diga somente se você pagaria por faixa ou faixas disponibilizadas para compra na rede.

Diz aí... eu tô curioso pra ouvir o que você tem a dizer... e adianto que sou usuário do download promocional para conhecer novos artistas.

Nova postagem em breve sobre os primeiros shows do meu CD, e a minha preparação para encarar o "Batman" que existem em mim!!

Dudu






5 comentários:

danielle disse...

Dudu, considero muito pertinente a questão e como usuária de i pod, mp3 e afins gostaria de responder às suas perguntas. Pode contar com a minha absoluta sinceridade nas respostas.
1- Sim, eu pagaria um valor "razoavel" para baixar uma canção tendo a certeza absoluta de que iriam os direitos autorais para o compositor.Acho que essa é a forma correta, ética e justa!
2- Não, não sabia que era crime passar uma canção de um cd que eu comprei, para o meu computador e depois para o meu i pod e acho injusto que seja um crime já que eu paguei (caro sim) pelo cd e deveria ter o direito de ouvir às referidas canções onde eu bem entendesse, sem claro repassa-las a outros.
3- Dei uma breve olhada no site do Ecad pois não sabia o que era e nem como funcionava mas ainda assim gostaria de obter esclarecimentos seus como conhecedor da instituição.
4- Sim, acho super interessante a proposta do artista que disponibiliza uma canção ou até um trecho de uma canção para que o público a conheça e me sinto completamente estimulada a comprar o cd quando a canção me agrada. Entendo como uma forma possível e correta para os dois lados (compositor/publico).
Aguardo as próximas perguntas e espero te-lo ajudado com minhas respostas.
A proposito... "O silêncio das estrelas" é a minha canção favorita do seu album.
Por que não há no encarte a letra em italiano da canção "Diz" interpretada pela Chiara Civello?
Beijão de uma admiradora do seu trabalho,

Dani

Carla Delgado disse...

1) Eu pagaria pra baixar uma música se achasse que o preco compensaria a minha vontade de ter a música. Sou pragmática no ato de consumo.

2) Nao sabia. Entao quem já tem o CD teria q pagar novamente pelas mesmas músicas caso queria tê-las no formato mp3? Eu era mais feliz quando ignorava este fato...

3) Sei o que é, tenho uma idéia de como funciona e já ouvi vários relatos de que funciona muito mal, mas nao sei detalhes.

4) Sim, sem dúvida. Eu adoro comprar CDs. Essa pra mim é a mais dura das batalhas na luta contra a obsolescencia tecnológica pessoal: nao consigo me adaptar inteiramente aos "players" de mp3, nem a usar o computador pra gerenciar minha biblioteca musical. Pode até ser mais prático, mas é... chato! O prazer de escolher um CD diretamente na minha prateleira, manuseá-lo e escutá-lo ainda nao foi superado.
Além da diferenca de mídia, há também uma diferenca de modelo: CD completo x faixas individuais. Comprar músicas individuais é algo diferente de comprar um CD. Gosto de playlists personalizadas quando preciso de "musica de fundo", ou seja: no carro, na academia, no trabalho. Mas quando a vontade é "ouvir música" no sentido pleno da coisa, nada como um bom CD. Acho que um CD bem feito me proporciona uma experiencia que eu nao consigo reproduzir ouvindo uma playlist de músicas desconexas, mesmo que compilada por mim.

Pronto, respondi. Quando sai o gabarito? :-) Gostaria de saber a visao de quem "vive disso" sobre o pensamento de probes mortais que como eu se dedicam a atividades menos encantadoras.

Anônimo disse...

Dudu,
Acho muito importante sua pesquisa e gostaria de saber o resultado.
1) Sim. Eu pagaria um valor razoável para baixar músicas na internet. Adoro "fazer" (heheheh) CDs só com as "minhas músicas" prediletas do autor/cantor que gosto(pq nós realmente nos apropriamos das músicas que vcs fazem e cantam e que nos encantam e nos tocam de alguma forma...). Então, sim, pagaria com muito prazer. Principalmente tendo certeza que o meu dimdim vai para quem deve ir de direito. No caso, vcs... Ninguém trabalha de graça, não é? Até mesmo o relógio precisa de pilha para tictaquear...
2) Não sabia que era uma criminosa em potencial. Compro muitos CDs, e gosto de gravar várias músicas de cantores diferentes em um mesmo CD para ouvir ecleticamente e prazeirozamente no MP3 sem ter que ficar trocando os CDs... Mordomias tecnológicas.... Sem tirar o prazer de manuzear os Cds que vocês sensivelmente e carinhosamente presenteam o mundo com anos de trabalho e dedicação. Claro que reconheço e admiro que ser compositor é um dos trabalhos mais importantes do mundo. Ou será que alguém em sã consciência acredita que o mundo seria tão bom sem música?
Já assisti um filme ...não me recordo agora o título, mas tratava justamente disso. Uma cidade que perdeu muitos jovens e culpava a música e festas ...
Claro que os jovens ensinaram para os pais que não se vive tão bem sem música.... Música é vida.
3) Sei algo sobre o ECAD... O suficiente para os mortais que não vivem no mundo da arte, não passarem totalmente por ignorantes...
4)Sim. Me sinto estimulada a comprar o CD de alguém que não conheço... Foi o quê aconteceu entre mim e Maria Gadú, por exemplo... Já com vc...Fiquei fãzona quando te vi cantar na saraiva....Amei!!! Dê vida ao Batmam. Ele vai se sair muuuuuito bem. E já deixa saudades....
5)Sim. Alguns CDs são caros ... e pagaria por faixa, claro!

Anônimo disse...

Vou resumir minhas respostas em apenas esta:
Dudu, sendo eu uma total desconhecida sua, ao mesmo tempo uma recente fã incondicional do seu trabalho, acho que vc merece sim, lutar por todos os seus direitos em relação a sua carreira, UM DOM COMO O SEU DUDU, MERECE MESMO SER MAIS RESPEITADO EM TODOS OS SENTIDOS,O QUE INCLUI UMA JUSTA REMUNERAÇÃO.
SUAS MÚSICAS TOCAM A MINHA, E A ALMA DE MUITA GENTE QUE, ACABA GASTANDO DINHEIRO COM "PORCARIAS"... POR MIM, SEMPRE APOIAREI A TUDO QUE DIGA RESPEITO AO MERECIDO RECONHECIMENTO DE SUA CARREIRA.

SAÚDE E TUDO DE BOM PARA VC E OS SEUS!
Dorinha (de Natal-RN)

Vanuza Pantaleão disse...

Olha, Dudu, vc pode até não acreditar, mas já até fizeram filme com um conto meu que publiquei num site fajuto aqui da net. Já viu o filme "O Poeta"? Pois é, aquela história é minha, mas eu sou pobre e eles são ricos canadenses. Sacou? Tem jeito não...
Um beijo!!!